Mercado de Algodão

O mercado de algodão é um dos mais relevantes para a agricultura brasileira, tanto pelo alto valor agregado, como pela sua utilização na nossa indústria têxtil.

Saiba Mais
X

Mercado de Algodão

Com as safras atingindo números elevados na produção de algodão em pluma nos últimos anos, o Brasil vem consolidando sua presença como um dos maiores players globais no mercado de algodão. O país vem escalando sua posição como um dos principais produtores e exportadores da fibra natural em âmbito mundial. Esse sucesso é resultado do aumento da área de plantio, investimentos em estrutura e tecnologias avançadas e a implementação de práticas de alta produtividade. A fibra de excelente qualidade produzida pelo Brasil também desempenhou um papel fundamental em sua consolidação como um dos líderes do mercado global de algodão. Além disso, as entidades do setor exercem um trabalho estratégico para abertura de novos mercados externos para a pluma brasileira.

Inserida ativamente neste mercado, a Souza Lima tem participado e contribuído para o desenvolvimento da cadeia produtiva de algodão no Brasil, trazendo opções comerciais e suporte para vendedores e compradores dessa matéria prima. Com uma tradicional e forte presença no mercado doméstico junto às indústrias têxteis nacionais, a Souza Lima também possui uma participação relevante e crescente nas negociações da fibra brasileira com destino ao mercado externo, atuando próxima de compradores estrangeiros.

O mercado de algodão é um dos mais relevantes para a agricultura brasileira, devido a sua forte capacidade de geração de divisas, alto valor agregado em comparação a outras culturas e como matéria prima da indústria têxtil. A cotonicultura é responsável pela geração de diversos empregos e alta arrecadação, pois engloba vários processos desde a plantação da fibra, até a elaboração final dos produtos têxteis e suas vendas no varejo.

Últimas Notícias

  • MERCADO ALGODÃO: Sexta de cotações estáveis e calmaria no Brasil

    14/06 às 19:15 hs

    Porto Alegre, 14 de junho de 2024 - O mercado físico brasileiro de algodão teve um dia calmo e preços estáveis. Para a pluma cotada em Rondonópolis, no Mato Grosso, o valor ficou em R$ 3,68 por libra-peso. Para o algodão negociado entre a ...

    Saiba Mais
    X

    MERCADO ALGODÃO: Sexta de cotações estáveis e calmaria no Brasil

    14/06 às 19:15 hs

    Porto Alegre, 14 de junho de 2024 - O mercado físico brasileiro de algodão teve um dia calmo e preços estáveis. Para a pluma cotada em Rondonópolis, no Mato Grosso, o valor ficou em R$ 3,68 por libra-peso. Para o algodão negociado entre a indústria e o produtor as cotações seguiram na faixa de R$ 3,93/lb no CIF de São Paulo. Já no FOB exportação o algodão encerrou o dia com preços mais baixos cotado a US$ 69,81 cents/lb, enquanto a posição Dez/24, com maior número de contratos em aberto, teve ganhos nesta sexta-feira (14). Refletindo esses valores, o prêmio indicado ficou em -2,33 cents/lb contra ICE US. NY A Bolsa de Mercadorias de Nova York (ICE Futures) para o algodão fechou com preços mistos nesta sexta-feira. O mercado voltou a buscar direcionamento no dia. O dólar firme contra outras moedas, baixas em bolsas de valores e a volatilidade do petróleo mantiveram pressão sobre as cotações, mas houve ajustes técnicos. Cobertura de posições vendidas após recentes baixas ofereceram suporte. O mercado está em período de rolagem de contratos com a chegada do período de notificação de entregas e expiração da posição julho, o que também mexe com as atividades dos agentes. No balanço da semana, o contrato dezembro acumulou baixa de 1%. Os contratos com entrega em julho/2024 fecharam o dia a 70,97 centavos de dólar por libra-peso, baixa de 0,38 centavo, ou de 0,5%. Dezembro fechou a 72,14 centavos, com alta de 0,35 centavo, ou de 0,5%. Dólar O dólar comercial encerrou a sessão em alta de 0,27%, sendo negociado a R$ 5,3816 para venda e a R$ 5,3796 para compra. Durante o dia, a moeda norte-americana oscilou entre a mínima de R$ 5,3446 e a máxima de R$ 5,3872. Na semana, dólar teve valorização de 1,06%. Lessandro Carvalho (lessandro@safras.com.br) / Safras News Copyright 2024 - Grupo CMA

  • AGRONEGÓCIO: Exportações brasileiras atingem mais de US$ 15 bilhões em maio

    14/06 às 18:54 hs

    Porto Alegre, 14 de junho de 2024 - As vendas externas brasileiras de produtos do agronegócio foram de US$ 15,05 bilhões em maio de 2024. Esse resultado correspondeu a 49,6% das exportações totais do Brasil. O valor em maio foi 10,2% infe...

    Saiba Mais
    X

    AGRONEGÓCIO: Exportações brasileiras atingem mais de US$ 15 bilhões em maio

    14/06 às 18:54 hs

    Porto Alegre, 14 de junho de 2024 - As vendas externas brasileiras de produtos do agronegócio foram de US$ 15,05 bilhões em maio de 2024. Esse resultado correspondeu a 49,6% das exportações totais do Brasil. O valor em maio foi 10,2% inferior na comparação com os US$ 16,76 bilhões exportados no mesmo mês de 2023. Em termos absolutos, houve uma queda de US$ 1,71 bilhão nas vendas externas. Esta diminuição ocorreu em função dos menores preços médios de exportação e, também, devido à redução do volume global exportado. Os produtos que mais contribuíram para abrandar a queda das exportações no mês foram café verde (+US$ 392,21 milhões), algodão não cardado nem penteado (+ US$ 337,30 milhões), celulose (+ US$ 298,95 milhões) e açúcar de cana em bruto (+ US$ 114,63 milhões). PRODUTOS BRASILEIROS Um dos destaques das exportações brasileiras do agronegócio, o complexo sucroalcooleiro continua registrando recordes de exportação. O setor elevou as exportações de US$ 1,24 bilhão em maio de 2023 pra US$ 1,43 bilhão em maio de 2024 (+15,3%). O volume recorde de açúcar exportado para os meses de maio foi o fator responsável por esse bom desempenho. Vale ressaltar que a Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) estimou uma produção 46,3 milhões de toneladas de açúcar para a safra 2024/2025, maior volume de produção de açúcar em toda a série histórica. Com essa produção recorde, o Brasil exportou 2,81 milhões de toneladas em maio (+16,7%). As carnes também estão entre os principais setores exportadores do agronegócio brasileiro, sendo responsáveis por 14,2% de todas as vendas externas do agronegócio. Foram registrados US$ 2,13 bilhões em maio de 2024, valor 2,0% superior na comparação com os US$ 2,09 bilhões exportados no mesmo período de 2023. Houve embarques recordes em três tipos de carnes: 211,98 mil toneladas exportadas de carne bovina in natura em maio de 2024 (recorde de todos os meses); 430,26 mil toneladas de carne de frango in natura (recorde para os meses de maio); e 91,63 mil toneladas de carne suína in natura (também recorde para os meses de maio). Os produtos florestais ficaram na terceira posição dentre os principais setores exportadores do agronegócio, registrando US$ 1,55 bilhão em vendas externas (+25,5%). Ao contrário do complexo soja e das carnes, houve elevação nos preços médios de exportação nos produtos florestais. O principal motivo dessa alta ocorreu devido ao incremento do preço internacional da celulose, que passou de US$ 403 por tonelada em maio de 2023 para US$ 551 por tonelada em maio de 2024 (+36,8%). A China é o principal importador desse produto brasileiro. EXPORTAÇÕES JANEIRO A MAIO No acumulado de 2024, as exportações brasileiras do agronegócio somaram US$ 67,17 bilhões (-0,2%). O declínio das exportações ocorreu em função da queda dos preços dos produtos exportados (-9,8%), uma vez que o índice de quantidade apresentou crescimento de 10,7% nos cinco primeiros meses do ano. O agronegócio representou 48,4% das exportações totais brasileiras. ACUMULADO DOZE MESES (JUNHO DE 2023 A MAIO DE 2024) No período acumulado dos últimos doze meses as exportações do agronegócio brasileiro somaram US$ 166,38 bilhões, o que significou crescimento de 2,4% em relação aos US$ 162,53 bilhões exportados nos doze meses imediatamente anteriores. Com esse valor, a participação dos produtos do agronegócio no total exportado pelo Brasil no período foi de 48,5%. As importações, por sua vez, totalizaram US$ 17,49 bilhões, cifra 1,3% inferior à registrada nos doze meses anteriores (US$ 17,72 bilhões), e representaram 7,2% do total adquirido pelo Brasil no período. As informações partem da assessoria de imprensa do Mapa Fábio Rübenich (fabio@safras.com.br) - Safras News Copyright 2024 - Grupo CMA

  • ALGODÃO: Colheita da safra 23/24 atinge 0,15% no Mato Grosso - IMEA

    14/06 às 16:12 hs

    Porto Alegre, 14 de junho de 2024 - A colheita da safra de algodão 2023/24 do Mato Grosso atingiu 0,15%, conforme o Instituto Mato-Grossense de Economia Agropecuária (IMEA), com número obtido até 14 de junho. No ano anterior, o percentua...

    Saiba Mais
    X

    ALGODÃO: Colheita da safra 23/24 atinge 0,15% no Mato Grosso - IMEA

    14/06 às 16:12 hs

    Porto Alegre, 14 de junho de 2024 - A colheita da safra de algodão 2023/24 do Mato Grosso atingiu 0,15%, conforme o Instituto Mato-Grossense de Economia Agropecuária (IMEA), com número obtido até 14 de junho. No ano anterior, o percentual era de 0,37%. Gabriel Nascimento (gabriel.antunes@safras.com.br) / Safras News Copyright 2024 - Grupo CMA

TODAS NOTÍCIAS

Cotação

Confira a cotação do algodão.

    ICE Futures NY

  • Código
    Vencimento
    Fechamento
    Último
    Diferencial
    Data/Hora
  • CTN4

    Jul/2024

    70.97

    70.97S

    -0.38

    14/06 - 14:19:57

  • CTV4

    Out/2024

    74.35

    74.35S

    1.04

    14/06 - 14:14:59

  • CTZ4

    Dez/2024

    72.14

    72.14S

    0.35

    14/06 - 14:14:52

  • CTH5

    Mar/2025

    73.43

    73.43S

    0.12

    14/06 - 14:19:03

  • CTK5

    Mai/2025

    74.80

    74.80S

    0.02

    14/06 - 14:18:01

  • CTN5

    Jul/2025

    75.74

    75.74S

    -0.08

    14/06 - 14:16:11

  • CTV5

    Out/2025

    73.72

    73.72S

    -0.09

    14/06 - 09:16:33

  • CTZ5

    Dez/2025

    73.11

    73.11S

    -0.28

    14/06 - 14:18:26

  • CTH6

    Mar/2026

    74.32

    74.32S

    -0.29

    14/06 - 13:07:07

  • CTK6

    Mai/2026

    75.11

    75.11S

    -0.34

    14/06 - 13:07:07

  • CTN6

    Jul/2026

    75.88

    75.88S

    -0.34

    14/06 - 12:23:35

  • CTV6

    Out/2026

    74.41

    74.41S

    -0.34

    14/06 - 09:43:21

    Dólar Comercial

  • Último

    5.3816S

    Compra

    5.3796

    Venda

    5.3816

    Fechamento

    5.3816

    Data

    14/06

    Hora

    17:00:00

Tel.: +55(31) 3292-3155 | contato@souzalimacotton.com

Av. Raja Gabáglia 2.000, sala 327 Torre 1 Estoril/ Belo Horizonte - MG, Brasil / CEP: 30494-170