Mercado de Algodão

O mercado de algodão é um dos mais relevantes para a agricultura brasileira, tanto pelo alto valor agregado, como pela sua utilização na nossa indústria têxtil.

Saiba Mais
X

Mercado de Algodão

Com as safras atingindo números elevados na produção de algodão em pluma nos últimos anos, o Brasil vem consolidando sua presença como um dos maiores players globais no mercado de algodão. O país vem escalando sua posição como um dos principais produtores e exportadores da fibra natural em âmbito mundial. Esse sucesso é resultado do aumento da área de plantio, investimentos em estrutura e tecnologias avançadas e a implementação de práticas de alta produtividade. A fibra de excelente qualidade produzida pelo Brasil também desempenhou um papel fundamental em sua consolidação como um dos líderes do mercado global de algodão. Além disso, as entidades do setor exercem um trabalho estratégico para abertura de novos mercados externos para a pluma brasileira.

Inserida ativamente neste mercado, a Souza Lima tem participado e contribuído para o desenvolvimento da cadeia produtiva de algodão no Brasil, trazendo opções comerciais e suporte para vendedores e compradores dessa matéria prima. Com uma tradicional e forte presença no mercado doméstico junto às indústrias têxteis nacionais, a Souza Lima também possui uma participação relevante e crescente nas negociações da fibra brasileira com destino ao mercado externo, atuando próxima de compradores estrangeiros.

O mercado de algodão é um dos mais relevantes para a agricultura brasileira, devido a sua forte capacidade de geração de divisas, alto valor agregado em comparação a outras culturas e como matéria prima da indústria têxtil. A cotonicultura é responsável pela geração de diversos empregos e alta arrecadação, pois engloba vários processos desde a plantação da fibra, até a elaboração final dos produtos têxteis e suas vendas no varejo.

Últimas Notícias

  • ALGODÃO: NY fecha em alta seguindo petróleo e com dólar fraco contra outras moedas

    17/07 às 16:41 hs

    Porto Alegre, 17 de julho de 2024 - A Bolsa de Mercadorias de Nova York (ICE Futures) para o algodão fechou com preços mais altos nesta quarta-feira. O mercado acompanhou a subida do petróleo e ainda encontrou sustentação na baixa do dóla...

    Saiba Mais
    X

    ALGODÃO: NY fecha em alta seguindo petróleo e com dólar fraco contra outras moedas

    17/07 às 16:41 hs

    Porto Alegre, 17 de julho de 2024 - A Bolsa de Mercadorias de Nova York (ICE Futures) para o algodão fechou com preços mais altos nesta quarta-feira. O mercado acompanhou a subida do petróleo e ainda encontrou sustentação na baixa do dólar contra outras moedas. A expectativa agora está voltada para o relatório semanal de evolução das exportações americanas, que será divulgado nesta quinta-feira pelo Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA). Os contratos com entrega em dezembro/2024 fecharam o dia a 72,07 centavos de dólar por libra-peso, alta de 0,70 centavo, ou de 1,0%. Março/2025 fechou a 73,92 centavos, valorização de 0,61 centavo, ou de 0,8%. Lessandro Carvalho (lessandro@safras.com.br) / Safras News Copyright 2024 - Grupo CMA

  • CLIMA: Produtores aproveitam monções mais fortes e aceleram plantio das safras de verão na India

    17/07 às 16:41 hs

    Porto Alegre, 17 de julho de 2024 - Os agricultores indianos aceleraram a plantação de culturas semeadas no verão, como arroz, soja, algodão e milho, após chuvas de monções acima da média em julho, que ocorreram após um déficit em jun...

    Saiba Mais
    X

    CLIMA: Produtores aproveitam monções mais fortes e aceleram plantio das safras de verão na India

    17/07 às 16:41 hs

    Porto Alegre, 17 de julho de 2024 - Os agricultores indianos aceleraram a plantação de culturas semeadas no verão, como arroz, soja, algodão e milho, após chuvas de monções acima da média em julho, que ocorreram após um déficit em junho, de acordo com dados do governo. As chuvas de verão, críticas para o crescimento econômico na terceira maior economia da Ásia, começam geralmente no sul do país por volta de 1 de junho, antes de se espalharem por todo o país em 8 de Julho, permitindo aos agricultores plantar culturas de verão. Mas em junho a India recebeu 11% menos chuva do que a média, depois das monções terem perdido força em meados de junho, atrasando a semeadura. Na primeira quinzena de julho houve 9% mais chuvas do que o normal, o que ajudou os agricultores a plantar culturas de verão em 57,5 milhões de hectares até 12 de julho, um décimo a mais do que no ano passado. As monções, força vital da economia de quase 3,5 biliões de dólares, trazem quase 70% da chuva de que a India necessita para regar áreas agrícolas e reabastecer reservatórios e aquíferos. Sem irrigação, quase metade das terras agrícolas do segundo maior produtor mundial de arroz, trigo e açúcar depende das chuvas anuais. "O renascimento das monções beneficiará o plantio de safras de verão e as culturas semeadas precocemente a partir de junho. No geral, o renascimento das monções no início de julho é um bom presságio para as colheitas e os rendimentos", disse Ashwini Bansod, vice-presidente de pesquisa de commodities da Phillip Capital India Pvt. Ltda. Os agricultores plantaram 11,6 milhões de hectares com arroz, um aumento de 20,7% em relação ao mesmo período do ano passado, uma vez que os preços recordes levaram os agricultores a expandir a área. O aumento do plantio de arroz poderia aliviar as preocupações com a oferta no segundo maior produtor e consumidor mundial do grão. O maior exportador mundial do grão surpreendeu os compradores no ano passado ao impor uma proibição à exportação de arroz branco não basmati amplamente consumido, após uma proibição para os embarques de fragmentos de arroz (broken rice). O aumento da aquisição de arroz por agências governamentais na safra passada e a expansão na área de arroz podem permitir ao governo aliviar as restrições às exportações a partir de outubro, disse uma trading com base em Nova Deli. Com informações da Reuters. Fábio Rübenich (fabio@safras.com.br) - Safras News Copyright 2024 - Grupo CMA

  • ALGODÃO: NY mantém movimento positivo com dólar fraco e alta do petróleo

    17/07 às 12:08 hs

    Porto Alegre, 17 de julho de 2024 - O algodão opera com preços mais altos na sessão eletrônica da Bolsa de Mercadorias de Nova York (ICE) neste momento. O mercado mantém os ganhos do início da manhã, acompanhando o desempenho dos...

    Saiba Mais
    X

    ALGODÃO: NY mantém movimento positivo com dólar fraco e alta do petróleo

    17/07 às 12:08 hs

    Porto Alegre, 17 de julho de 2024 - O algodão opera com preços mais altos na sessão eletrônica da Bolsa de Mercadorias de Nova York (ICE) neste momento. O mercado mantém os ganhos do início da manhã, acompanhando o desempenho dos preços do petróleo, que sobe mais de 2%, e beneficiado pelo dólar mais fraco frente a outras moedas correntes. Os investidores se posicionam para o relatório das exportações semanais norte-americanas, que será divulgado nesta quinta-feira, às 9h30 (horário de Brasília), pelo Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA). Os contratos com vencimento em Dezembro/24 operam a 72,35 centavos de dólar por libra-peso, alta de 0,98 centavo ou 1,37% em relação ao fechamento anterior. Março/2025 tem cotação de 74,20 centavos (+1,21%). Sara Lane (sara.silva@safras.com.br) / Safras News Copyright 2024 - Grupo CMA

TODAS NOTÍCIAS

Cotação

Confira a cotação do algodão.

    ICE Futures NY

  • Código
    Vencimento
    Fechamento
    Último
    Diferencial
    Data/Hora
  • CTV4

    Out/2024

    70.37

    71.12S

    0.75

    17/07 - 12:24:03

  • CTZ4

    Dez/2024

    71.37

    72.07S

    0.70

    17/07 - 14:04:08

  • CTH5

    Mar/2025

    73.31

    73.92S

    0.61

    17/07 - 14:19:55

  • CTK5

    Mai/2025

    74.72

    75.27S

    0.55

    17/07 - 14:19:00

  • CTN5

    Jul/2025

    75.75

    76.15S

    0.40

    17/07 - 14:19:00

  • CTV5

    Out/2025

    75.13

    75.02S

    -0.11

    17/07 - 11:31:06

  • CTZ5

    Dez/2025

    73.70

    73.89S

    0.19

    17/07 - 14:19:30

  • CTH6

    Mar/2026

    75.00

    75.20S

    0.20

    17/07 - 13:52:12

  • CTK6

    Mai/2026

    75.57

    75.78S

    0.21

    17/07 - 04:46:26

  • CTN6

    Jul/2026

    76.00

    76.21S

    0.21

    17/07 - 04:46:26

  • CTV6

    Out/2026

    74.09

    74.17S

    0.08

    17/07 - 09:43:21

  • CTZ6

    Dez/2026

    73.90

    74.00S

    0.10

    17/07 - 11:41:03

    Dólar Comercial

  • Último

    5.4843S

    Compra

    5.4823

    Venda

    5.4843

    Fechamento

    5.4283

    Data

    17/07

    Hora

    17:00:00

Tel.: +55(31) 3292-3155 | contato@souzalimacotton.com

Av. Raja Gabáglia 2.000, sala 327 Torre 1 Estoril/ Belo Horizonte - MG, Brasil / CEP: 30494-170